Avião de três asas pode reduzir consumo de combustível em 70%

6-06-2021

Um novo design de avião comercial, capaz de reduzir as emissões de carbono, está a fazer furor na industria da aviação.

O novo conceito foi revelado recentemente pela SE Aeronautics. O SE200 diferencia-se por ter três asas, que são muito finas porque não contêm tanques de combustível, como nos aviões tradicionais.

O Interesting Engineering explica que o combustível é armazenado num tanque flexível no próprio corpo cilíndrico do avião, o que permitiu melhorar toda a aerodinâmica da aeronave.

A sustentação extra garante não apenas um consumo inferior de combustível, como também a possibilidade de o avião aterrar em aeroportos mais pequenos, uma vez que consegue pousar e descolar mais rapidamente. O estabilizador vertical duplo e os dois motores traseiros são também dois pormenores muito badalados do avião.

O protótipo pode transportar 264 passageiros e consome 70% menos combustível do que outros aviões do mesmo tamanho. Com 42,6 metros de comprimento, a aeronave tem uma autonomia de 16.900 quilómetros e atinge uma velocidade máxima de 1.111 km/h.

Segundo a empresa, o avião tem um corpo monolítico, construído por um único tubo integral, ao contrário dos aviões atuais, que são montados com várias secções tubulares soldadas.

Em vez de alumínio aeronáutico, a ideia é construir todo o tubo principal de material compósito, que é mais leve. Os materiais tornam esta aeronave uma das mais eficientes já construídas, com uma vida útil de 50 anos.
(ZAP)

Desenvolvido por: Suporte Informatica