Documentário Colette de jogo VR vence Oscar

27-04-2021

Pela primeira vez, um documentário com origem na indústria dos jogos, venceu um Oscar, com Colette, criado pelo Oculus Studios (do FB) e Respawn Entertainment (da EA).

O documentário de 25 minutos ganhou o Oscar para melhor documentário de curta metragem, acompanhando a história de Colette Marin-Catherine, que pertenceu à resistência francesa, agora com 92 anos. A parte curiosa é que este documentário foi criado para fazer parte do jogo VR Medal of Honor: Above and Beyond, que vai intercalando os momentos de jogo com histórias de guerra destes veteranos.

Durante muitos anos tivemos a indústria dos videojogos a adaptar filmes do cinema (com sucesso variado, desde jogos de qualidade aos jogos que apenas eram um isco do marketing para facturar mais uns euros); mais recentemente, começamos a ter um aumento da frequência da transposição em sentido inverso, com cada vez mais filmes e séries a serem adaptações de jogos de sucesso. E este Oscar acaba por ser um sinal que demonstra que a indústria dos videojogos nada fica a dever à indústria do cinema enquanto elemento de partilha de conhecimento e entretenimento.

O documentário está disponível no YouTube, e é de visionamento obrigatório para todos:
(Ptnik)

Desenvolvido por: Suporte Informatica