Kim Dotcom lançou portal do Partido Internet na Nova Zelândia

27-03-2014

O empresário informático Kim Dotcom, que aguarda uma eventual extradição para os Estados Unidos onde é acusado de pirataria informática, lançou hoje o portal do seu Partido Internet que irá concorrer às eleições de setembro na Nova Zelândia.
«Este é um movimento a favor da liberdade na internet e na tecnologia e por uma reforma política a favor do direito à intimidade», disse Dotcom num comunicado em que apela ao voto daqueles que votam pela primeira vez e dos que estão descontentes com os partidos tradicionais.

Os princípios do partido apoiam-se na promessa de que os neozelandeses tenham um maior acesso aos serviços de internet que sejam mais rápidos e mais baratos, na criação de postos de trabalho de alta tecnologia, na promessa da privacidade e na defesa da independência do país.

(Diário Digital / Lusa)

Desenvolvido por: Suporte Informatica

cialis 10 mg effetti plavix e impotenza prometrium 200 come si usa clomid provoca corrimento orlistat venta peru controindicazioni del femara compare metformin to gliclazide risperdal fa male metoprolol tratament alternative naturali al clomid metoprolol succinate 100 mg ter antibiotico augmentin sospensione hot metoprolol toprol xl conversion cialis lo vendono in farmacia luvox period glucophage chromium picolinate viagra pepsi cola lasix in gravidanza voltaren retard prezzo metoclopramide ileus voltaren pastiglie senza ricetta panière allegra tupperware diflucan tempo azione voltaren generico prezzo effetti collaterali di finasteride kamagra nelle farmacie italiane cosa mangiare a cipro nord voltaren emulgel tendonitis voltaren gel blood sugar clindamycin molluscum contagiosum propecia cinsel voltaren tissugel