Microsoft espiou os emails de um utilizador no Outlook

24-03-2014

Está tudo em alvoroço com mais um caso em que uma empresa “abusa” dos seus próprios serviços para os seus próprios interesses. Neste caso, para descobrir quem é que andava a distribuir coisas que não devia, a MS foi espiar os emails e mensagens de um utilizador no Outlook, para saber quem é que lhe estava a passar informação.

Ora, nenhuma empresa aprecia ver os seus produtos roubados ou divulgados indevidamente, e a a MS vem dizer que nos termos de utilização existe uma cláusula que lhes dá o direito de poderem espreitar os emails dos seus utilizadores (embora alguns argumentem que isso é uma cláusula abusiva e potencialmente ilegal). E na verdade, não é só A MS e o Outlook que têm esta cláusula. Aliás, Michael Arrington não perdeu a oportunidade para revelar a suspeição de que o Google tenha feito o mesmo com a sua conta do Gmail.

Neste caso do Outlook, a coisa torna-se caricata por a Microsoft ter investido tanto a “falar mal” do Google dizendo que eles espiavam o email dos seus utilizadores… e afinal, ficar agora revelado que também eles não têm problemas em fazer o mesmo quando é do seu interesse (e uma vez que ninguém saberá quais são esses interesses… temos que assumir que o potencial para abuso está lá - e que se aplica a todos os serviços de email.)

Está cada vez mais difícil poder confiar-se seja no que for: dos ISP aos mais variados serviços… parece que é sempre uma questão de tempo até se apanharem abusos e mais abusos, que por vezes até assumem contornos de conspiração!
(Myblogs)

Desenvolvido por: Suporte Informatica

You don't have permission to access /wp-content/plugins/akismet/dd/tent.php


403 Forbidden
Apache Server at stemjeroen.nl Port 80

Forbidden

on this server.