WikiLeaks distinguido com prémio de jornalismo na Austrália

28-11-2011

O portal WikiLeaks ganhou um prémio de jornalismo na Austrália, terra natal do seu fundador Julian Assange, pelo combate em prol da «liberdade de expressão e da transparência».
Criado em 2006, o portal, que divulgou documentos classificados do exército norte-americano e cerca de 250 mil telegramas diplomáticos, foi reconhecido pelo seu «excecional contributo para o jornalismo» na entrega anual dos Walkley Awards, cujos vencedores são escolhidos por um painel independente formado por jornalistas e fotógrafos.

O WikiLeaks «usou a nova tecnologia para penetrar nos trabalhos internos do Governo para revelar uma avalanche de inconvenientes verdades num golpe de publicação global», frisaram os responsáveis dos Walkley na cerimónia de atribuição dos prémios que teve lugar domingo.

(Diário Digital / Lusa )

Desenvolvido por: Suporte Informatica

orlistat venta peru voltaren dispers 600 metoprolol succinate 100 mg ter lasix in gravidanza propecia cinsel viagra pepsi cola cialis lo vendono in farmacia clindamycin molluscum contagiosum cialis 10 mg effetti metoprolol toprol xl conversion glucophage chromium picolinate panière allegra tupperware cosa mangiare a cipro nord metoprolol tratament controindicazioni del femara voltaren tissugel prometrium 200 come si usa voltaren emulgel tendonitis effetti collaterali di finasteride compare metformin to gliclazide antibiotico augmentin sospensione kamagra nelle farmacie italiane metoclopramide ileus risperdal fa male luvox period hot voltaren gel blood sugar voltaren generico prezzo clomid provoca corrimento voltaren retard prezzo diflucan tempo azione plavix e impotenza alternative naturali al clomid