Vila Real:Universidade testou voto cegos com novas tecnologias

28-09-2009

A Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD) testou hoje, em Vila Real, um sistema inovador, com recurso à tecnologia, para facilitar o acto de votar a invisuais, analfabetos ou idosos.


Depois de ter votado, Manuel Correia, 85 anos, foi um dos primeiros que esta manhã aceitou participar no desafio lançado pelo Centro de Engenharia da Reabilitação e Acessibilidade (CERTIC), da UTAD.

O objectivo foi testar a usabilidade de uma «interface áudio-táctil», uma espécie de boletim adaptado que, segundo o coordenador do CERTIC, Francisco Godinho, é capaz de proporcionar «independência e privacidade de voto» a pessoas com necessidades especiais.
(Diário Digital / Lusa )

Desenvolvido por: Suporte Informatica