G-20: Polícia e manifestantes recorrem a Twitter

27-09-2009

Com micro-câmaras e através das redes sociais como o Twitter, manifestantes contra o G-20 e a polícia estão a recorrer a instrumentos electrónicos para antecipar os passos do adversário.


A toda a hora do dia e da noite, tanto quinta-feira como hoje, manifestantes e organizadores de protesto trocavam alertas no Twitter, uma rede de micro-blogues para dar conta das intervenções policiais.

Centenas de fotos e videos filmados com telemóveis portáteis ou micro-câmaras inundam os portais de informação online, assegurando uma cobertura directa das movimentações de manifestantes e autoridades.
(Diário Digital / Lusa )

Desenvolvido por: Suporte Informatica