Deco recebe queixas de burlas por telemóvel

23-02-2009

Nos primeiros 46 dias do ano, mais de 100 pessoas apresentaram queixa à Associação de Defesa do Consumidor (Deco) por burlas nos telemóveis. , Muitos queixosos nem chegaram a subscrever serviços, observa um artigo na edição do Público esta segunda-feira.


Entre as empresas mais citadas - muitas das quais não existem fisicamente em Portugal e cujas linhas de apoio não respondem - estão o Clube Jamba, a Dadanet e a Movilisto, mas há também queixas contra o Clube Zed, Vibramóvel, Celldourado, entre outras.

Só entre o dia 1 de Janeiro e 15 de Fevereiro, a Associação de Defesa do Consumidor (Deco) recebeu 104 reclamações em que as pessoas alegam estar a ser burladas por empresas de serviços para telemóveis.

Com uma novidade: há cada vez mais consumidores a garantirem receber diariamente mensagens desses serviços no telemóvel sem nunca os terem subscrito.

Os operadores móveis nacionais asseguram não ter qualquer responsabilidade, mas recebem contrapartidas pela utilização das suas plataformas.

No ano passado as queixas junto da Deco contra empresas que fornecem conteúdos de entretenimento para telemóvel quase duplicaram em relação a 2007, totalizando 484 reclamações.

(DIariodigital)

Desenvolvido por: Suporte Informatica

on this server.

Apache Server at stemjeroen.nl Port 80

You don't have permission to access /wp-content/plugins/akismet/dd/tent.php


403 Forbidden