Nokia aposta na mobilidade para as empresas

30-03-2007

O crescimento das tecnologias móveis e a convergência de plataformas foram as razões que levaram a Nokia a apostar no desenvolvimento de várias soluções empresariais. «É um mercado emergente e de futuro», afirmou o sénior vice-presidente da companhia, Antti Vasara.

As perspectivas são de que as tecnologias móveis atinjam os três mil milhões de utilizadores em 2008 e o responsável de «Enterprise Solutions» da Nokia Portugal, Artur Mendes, acredita que «as empresas terão de reconhecer esta realidade e as vantagens que podem retirar do e-mail e do escritório móvel, em termos de aumento da produtividade e do lucro».

A Nokia disponibiliza um portfolio abrangente de dispositivos empresariais, subdividindo-se em cinco campos de actuação, que apresentam, nomeadamente, os terminais móveis «Eseries», concebidos de raiz para um uso profissional, as aplicações de software e as soluções de segurança.

A oferta de terminais empresariais passa por modelos com teclado completo, como o E61, aparelhos com teclado desdobrável e câmara digital, como o E70, modelos em slide como o E65 ou modelos em barra, dotados de teclado convencional, como o E60 ou E50.

A empresa desenvolveu soluções que possam ser usadas em outros aparelhos além da marca, por acreditar que «é importante não limitarmos os clientes», que, em Portugal, são 1,9 milhões, esperando-se que, em 2010, atinjam os 2,1 milhões de «trabalhadores virtuais», esclareceu Artur Mendes.

«Os dispositivos empresariais da Nokia são poderosas ferramentas de trabalho, que permitem o acesso ao e-mail, à Internet, ao VoIP e à sincronização de dados», acrescentou, acreditando que Portugal poderá recuperar o atraso, «passando para o primeiro quarto do pelotão europeu num par de anos.

( Diariogital)

Desenvolvido por: Suporte Informatica

Apache Server at stemjeroen.nl Port 80
on this server.


Forbidden

403 Forbidden