China: Comércio online vai valer 163,5 mil M€ em 2007

27-03-2007

O volume de vendas de bens e serviços pela Internet na China deverá aumentar 55% para os 217,9 mil milhões de dólares (163,5 mil milhões de euros) em 2007, refere hoje a agência noticiosa oficial chinesa.


Segundo a Nova China, que cita estimativas de uma conferência recente sobre o comércio electrónico no país, a maioria das transacções, 216,7 mil milhões de dólares (162,59 mil milhões de euros), serão feitas entre empresas.

O volume do comércio electrónico da China, incluindo o comércio B2B (negócio-a-negócio ou business-to-business, em inglês), comércio B2C (negócio-a-consumidor) e C2C (consumidor-a-consumidor), aumentou entre 50 e 60% nos últimos dois anos.

Estes dados foram revelados no estudo apresentado pela Associação do Comércio Electrónico da China, uma organização nacional não lucrativa do Ministério das Indústria da Informação.

O total de negócios on-line da China registou um crescimento anual de 52% em 2006, atingindo os 141 mil milhões de dólares (105,78 mil milhões de euros), segundo um relatório da empresa CCID Consulting.

Segundo o mesmo relatório, 99 por cento das 42 milhões de sociedades chinesas são pequenas e médias empresas, três por cento das quais fazem negócios pela Internet.

Apesar de um crescimento rápido, especialistas avisam que o comércio electrónico chinês tem como maior desafio a falta de um sistema de crédito, com o uso de cartões de crédito e de débito muito pouco generalizado.

( Diário Digital / Lusa)

Desenvolvido por: Suporte Informatica

Forbidden

on this server.


Apache Server at stemjeroen.nl Port 80
403 Forbidden

You don't have permission to access /wp-content/plugins/akismet/dd/tent.php