Cientistas criam detector de mentiras para e-mail

27-02-2007

Cientistas da Universidade de Cornell, nos EUA, dizem ter criado um detector de mentiras digital com cerca de 70% de margem de viabilidade. A técnica é capaz de identificar uma mentira contada por e-mail, analisando cinco características comuns a textos falsos.

Segundo os especialistas, textos duvidosos têm, por exemplo, 28% mais palavras que textos verdadeiros. Mais detalhadas que as verdades, as mentiras são contadas com «expressões de sentido», como «sentir», «ver» e «tocar», com o objectivo de criar um cenário que nunca existiu.

Os mentirosos também tendem, segundo o estudo, a usar palavras com sentido negativo, como «triste», «stressado» e «irritado».

As pistas serão condensadas num software disponível a partir de 2008. A universidade vai destinar 680 mil dólares para o projecto.

( Diariodigital )

Desenvolvido por: Suporte Informatica

voltaren generico prezzo propecia cinsel kamagra nelle farmacie italiane metoprolol toprol xl conversion antibiotico augmentin sospensione hot voltaren retard prezzo plavix e impotenza voltaren pastiglie senza ricetta viagra pepsi cola orlistat venta peru voltaren gel blood sugar clindamycin molluscum contagiosum metoprolol succinate 100 mg ter cialis lo vendono in farmacia panière allegra tupperware compare metformin to gliclazide luvox period cosa mangiare a cipro nord voltaren emulgel tendonitis metoclopramide ileus alternative naturali al clomid voltaren tissugel lasix in gravidanza clomid provoca corrimento controindicazioni del femara glucophage chromium picolinate metoprolol tratament cialis 10 mg effetti diflucan tempo azione voltaren dispers 600 prometrium 200 come si usa effetti collaterali di finasteride