Ethereum já completou a “Fusão” que quer tornar as transacções mais amigas do ambiente

17-09-2022

As transacções com Ethereum agora são aprovadas através de “proof of stake”.

Um dos fundadores da criptomoeda Ethereum, Vitalik Buterin, anunciou hoje através da rede social Twitter que a esperada “Fusão” da criptomoeda foi completada. A partir de agora, as Ether vão deixar de poder ser “mineradas” através de “proof-of-work”, um método em que são usados computadores para resolver tarefas criptográficas com uma complexidade crescente. O método antigo foi substituido por outro, chamado “proof-of-stake” em que utilizadores, chamados “validators” que reservam tokens para terem hipótese de aprovarem transacções e assim ganharem uma pequena recompensa.

Até agora, a “mineração” de Ethereum necessitava de grandes quantidades de computadores com capacidade de cálculo suficiente para resolver rapidamente problemas mateméticos complexos. Isso, não só causava o consumo de grandes quantidades de energia, como também tornava o Ethereum muito caro para ser usado em pequenas transacções. Por outro lado, também concentrava as possibilidades de “mineração” nas mãos de um pequeno grupo, o que vai contra a filosofia de descentralização que regeu a criação das criptomoedas.

Com este novo método, quanto mais tokens forem reservados pelos “validators”, maior é a hipótese de ganhar uma recompensa. Mas, neste caso, todos ganham qualquer coisa, porque todas a Ether reclamadas recebem juros (cerca de 5,2%), o que pode ser equivalente a ter dinheiro num banco ou fazer um investimento em obrigações. O montante mínimo a reservar para um utilizador se poder ser um “validator” é de 32 Ether (cerca de 51000 euros ao cambio de hoje), mas as reservas podem ser divididas entre utilizadores através de terceiros para que consigam chegar ao montante necessário.

A “Fusão” ganhou este nome porque a blockchain do Ethereum foi fundida com uma rede paralela que já está a funcionar há cerca de dois anos para testar o método “proof-of.stake”. No entanto, este é apenas um dos passos da transformação. Segundo Buterin: “Ainda temos de aumentar a escala e temos de melhorar a privacidade. Para mim, a Fusão simboliza as diferenças entre a Ethereum original e a Ethereum que sempre quisemos ter.”

(Pcguia)

Desenvolvido por: Suporte Informatica