Depois de adquirido pela Amazon: iRobot dispensa 10% dos seus funcionários

12-08-2022

Há alguns dias revelei aqui que a Amazon havia anunciado a aquisição da iRobot, a empresa que é muito conhecida pelos seus excelentes robots aspiradores Roomba. Agora, surgem indicações de que a empresa está a reduzir significativamente a sua força de trabalho.

Segundo está a ser revelado, a empresa está a despedir 10% dos seus funcionários, ou seja, cerca de 140 funcionários. Essa “reestruturação” irá permitir à empresa economizar cerca de 10 milhões de dólares já em 2022, e entre 30 a 40 milhões em 2023.

Mas porque estes despedimentos na iRobot? Oficialmente não foram revelados os verdadeiro motivos, contudo, a informação surge pouco tempo depois da empresa ter apresentado os seus resultados financeiros referentes ao segundo trimestre. Nesse mesmo dia, foi revelado que a empresa estava a ser adquirida pela Amazon, contudo a empresa garante que os despedimentos nada têm haver com o acordo com a Amazon, já que continuarão a trabalhar de forma independente.

A verdade é que a receita do segundo trimestre da iRobot caiu 30% em 2022 devido à fraca demanda e cancelamentos a chegar da América do Norte, Europa, Médio Oriente e África. A empresa também alertou para um crescimento mais fraco daqui para frente.

Roomba e6 iRobot

140 funcionários despedidos da iRobot

A iRobot culpou a inflação, e o impacto da guerra na Ucrânia. O mercado de aspiradores tem mais concorrência agora do que nunca, então certamente o aumento da concorrência também está a desempenhar um papel importante aqui..

(N&T)

Desenvolvido por: Suporte Informatica