Elon Musk acusa a Rússia de realizar ataques à Starlink

13-05-2022

Elon Musk enviou para a Ucrânia algumas unidades da Starlink, a internet por satélite associada com a SpaceX, de forma a ajudar a manter as comunicações do pais durante a guerra com a Rússia.

No entanto, parece que desde que esta medida foi realizada, as infraestruturas do pais começaram a ser alvo de fortes ataques, da qual o milionário afirma terem sido originadas de grupos com ligações ao governo Russo.

De acordo com o comentário de Elon Musk no Twitter, o mesmo afirma que desde que as primeiras unidades da Starlink foram enviadas para a Ucrânia, a infraestrutura da empresa tem sido alvo de várias tentativas de ataques por parte de atacantes russos, mas que tem aguentado sem problemas de maior.

No entanto, Musk também deixa o alerta para o facto que estes ataques têm vindo a aumentar consideravelmente, além de serem mais complexos. Até ao momento não foram registadas falhas que tenham sido originadas destes ataques.

De notar que a Rússia tem vindo a ser acusada de realizar ciberataques contra várias entidades internacionais, até mesmo antes de ter realizado a invasão da Ucrânia. Dias antes da invasão, acredita-se que grupos com ligações ao governo de Putin terão realizado ataques em massa contra várias empresas na Alemanha, França e Bélgica, com o objetivo de afetar as suas infraestruturas e serviços.
(TT)

Desenvolvido por: Suporte Informatica