Neil Young faz ultimato ao Spotify por causa de Joe Rogan

26-01-2022

Neil Young quer remover toda a sua música do Spotify, acusando-o de conivência com a promoção de desinformação anti-vacinas Covid-19 de Joe Rogan.

Quando Spotify fez um contrato milionário exclusivo com Joe Rogan para o seu podcast, já deveria estar consciente de que a medida seria polémica, e agora essa polémica atinge novo nível com este confronto. A posição do Spotify tem sido a de tentar manter-se neutro quanto aos conteúdos que aloja, e de dizer que o podcast de Joe Rogan é apenas um como qualquer outro, mas essa desculpa poderá não resistir por muito mais tempo.

Neil Young não está sozinho. Há algumas semanas centenas de profissionais de saúde redigiram uma carta aberta ao Spotify a exigir que implementem regras contra desinformação, depois de Joe Rogan ter entrevistado o Dr. Robert Malone, um virologista já banido do Twitter por disseminar desinformação sobre Covid-19. Rogan tem sido, ele próprio apologista de tratamentos “alternativos”, incluindo o da utilização de um medicamento veterinário para o efeito.

A saída da música de Neil Young poderá não ter muito impacto na clientela do Spotify, mas sem dúvida que a promoção de desinformação deixa o serviço em rota de colisão com a opinião pública e também a legislação que vai sendo preparada. Resta aguardar para ver se o Spotify mantém a sua posição de “neutralidade” mesmo perante tais casos, deixando a decisão para as entidades competentes que o possam obrigar a remover conteúdos, ou se toma uma posição mais proactiva que tem tardado em tomar
(Ptnik)

Desenvolvido por: Suporte Informatica