Grandes empresas necessitam de ter escritórios na Rússia até 2022

25-11-2021

A Rússia encontra-se a aplicar medidas mais restritas para as grandes empresas que pretendam operar no pais, sendo que as mesmas agora vão necessitar de ter lojas ou escritórios localmente.

De acordo com a agência Reuters, a entidade Roskomnadzor ordenou que as grandes empresas no pais passem a ter escritórios locais para tratar dos assuntos. Isto irá afetar empresas como a Apple, Google, Meta (Facebook), Telegram, TikTok e Twitter.

A lei aplica-se a todas as empresas focadas na vertente da Internet e que tenham mais de 500.000 utilizadores diários. De notar, no entanto, que algumas das empresas a que esta lei se foca já possuem os seus próprios escritórios na Rússia, além de que não é claro o que constitui uma presença oficial no pais.

As empresas que não aceitem esta nova legislação, ou violem a mesma, ficam sujeitas a serem totalmente bloqueadas da Rússia ou a ficarem impedidas de recolher informação dos utilizadores russos – sobretudo dados associados para publicidade.

O objetivo claro desta nova legislação será focar-se no maior controlo do governo local sobre os dados e empresas, bem como dos seus conteúdos. Esta lei também pode ajudar o governo russo a criar mais pressão sobre as empresas para a possível censura de conteúdos.

No final, esta nova lei pode ser algo complicada de gerir. Por um lado, algumas empresas possuem a Rússia como um mercado fundamental, mas ao mesmo tempo podem agora ser forçadas a aplicar medidas de censura nos conteúdos.
(TT)

Desenvolvido por: Suporte Informatica