Facebook volta a ficar sobre pressão com novas declarações de ex-funcionário

24-10-2021

O Facebook volta a ficar sobre duras questões, seguindo mais uma acusação de um ex-funcionário da rede social, que se encontra a alertar as autoridades norte-americanas para as práticas da empresa.

O caso mais recente foi revelado por um funcionário da rede social, que veio a público divulgar que o Facebook encontra-se a enganar os investidores, ao fornecer dados incorretos sobre os “conteúdos perigosos e atividades criminais que são realizadas nas suas plataformas, incluindo o Instagram, WhatsApp e Messenger”.

O ex-funcionário da rede social veio confirmar uma conversa que teve com um executivo de topo na rede social, pouco depois das eleições de 2016, onde a rede social foi bastante criticada pela forma como processou a informação. Segundo o funcionário, o executivo terá indicado que o Facebook “estaria a imprimir dinheiro na base, e que estava tudo bem”, referindo-se aos problemas que a plataforma estava a enfrentar.

Tal como aconteceu com o caso de Frances Haugen, que recentemente veio partilhar informações sobre a rede social bastante controversas contra a plataforma, o ex-funcionário que agora veio depor fazia também parte da equipa de integridade da rede social, que seria suposto de controlar a propagação de informações falsas na plataforma e outras questões de ética.

A queixa apresentada junto das autoridades afirma ainda a existência de grupos secretos no Facebook, que são utilizados para propagação de conteúdos falsos e ilegais. Existe ainda a exclusão de algumas regras que a plataforma realiza para perfis de elevado destaque na plataforma – que colocam moderações diferentes para os conteúdos partilhados com base no destaque desse perfil dentro da rede social e do meio público.

No final, estas acusações são apenas mais um conjunto do que teríamos já vindo a verificar nas últimas semanas, mas adicionam ainda mais pressão junto do Facebook, sobretudo depois da rede social ter passado mais de um mês a tentar descredibilizar as revelações de Haugen.
(TT)

Desenvolvido por: Suporte Informatica