Microsoft lança atualização do Windows 11 que piora desempenho dos processadores AMD Ryzen

18-10-2021

A Microsoft segue sendo a Microsoft e lança atualização do Windows 11 que piora desempenho dos processadores AMD Ryzen. Esta tem sido uma das principais reclamações de usuários sobre o sistema operacional da empresa, seja no atual Windows 11, seja em versões anteriores. De acordo com alguns sites especializados, a empresa soltou a primeira ‘Patch Tuesday’ desde o lançamento oficial do Windows 11. Assim, esta foi a primeira atualização para o sistema, a KB5006674, com a compilação 22000.258 do novo sistema operacional. Portanto, a Microsoft lança atualização do Windows 11 que piora desempenho dos processadores AMD Ryzen.

Esses patches mensais servirão para implementar as melhorias já presentes no canal Dev do Programa Windows Insider para a versão estável e para resolver progressivamente os muitos erros com os quais o Windows 11 chegou às ruas.
O problema (e solução futura) para processadores Ryzen no Windows 11

No entanto, embora esta primeira atualização do Windows 11 inclua alguns patches menores, foi revelado que também adiciona um bug próprio: faz com que o desempenho dos computadores Windows com processadores Ryzen (AMD) piore visivelmente, aumentando o nível de cache latência.

O pior é que tanto a AMD quanto a Microsoft reconheceram que as versões anteriores do Windows 11 apresentavam baixo desempenho nesses processadores (a latência era 70% maior), circunstância que dificultava a experiência de uso de determinados aplicativos, como videogames.
Microsoft lança atualização do Windows 11 que piora desempenho dos processadores AMD Ryzen

Infelizmente, o novo patch só aumentou o problema, quadruplicando a latência do ideal. Agora, temos boas e más notícias sobre isso: a boa notícia é que a Microsoft já planeja lançar um patch para resolver este problema específico …

… A má notícia é que esse patch não será lançado até 19 de outubro, forçando os usuários do processador Ryzen a sofrer com esse desempenho ruim por uma semana inteira. Além disso, alguns dias depois —21 de outubro— um segundo patch será lançado para resolver outro problema observado anteriormente neste tipo de processadores, que afeta o funcionamento do CPPC (controle de desempenho do processador colaborativo).
Além desse bug, o que o Patch Tuesday nos trouxe?

A Patch Tuesday deste mês incluiu alguns patches para o Windows 11. Eles incluíam atualizações de segurança de rotina e uma correção para um problema de compatibilidade com o software de otimização de rede da Intel e da Dell.

No entanto, a Microsoft lançou, globalmente, um grande número de patches (mais do que o esperado) que afetam até 81 vulnerabilidades em vários de seus produtos, incluindo Windows 10, o Office, o ambiente .Net ou o navegador Microsoft Edge. Dentre eles, dois considerados ‘críticos’ (relacionados à execução remota de código em MS Word e Windows Hyper-V) e quatro ‘dia zero’.
(SUp)

Desenvolvido por: Suporte Informatica