TSMC diz que tem clientes que compram chips a mais para criarem escassez artifcial

9-10-2021

A Taiwan Semiconductor Manufacturing Company é uma das maiores fabricantes mundiais de semicondutores e, por isso, oferece uma visão mais abrangente sobre a actual falta de chips.

Como é sabido, a falta de chips que vivemos, vai continuar a afectar o mercado dos produtos que tenham componentes electrónicos, dos automóveis, às consolas de jogos, durante mais algum tempo. As razões para este estado de coisas, incluem a grande procura por hardware de última geração, problemas de fabrico que tiverem origem na pandemia e a mineração de criptomoedas, que afecta principalmente o mercado das placas gráficas. E agora, de acordo com a TSMC, pode juntar-se o açambarcamento de componentes à lista.

Numa entrevista dada à revista Time, o presidente da TSMC, Mark Liu, explica que algumas empresas açambarcaram chips, com medo das consequências da guerra comercial entre a China e os Estados Unidos pudesse ter nesta indústria. Simplificando, há mais chips nas fábricas de todo o mundo do que produtos fabricados, o que levou Liu a dizer que: “há pessoas que estão a acumular chips num qualquer ponto da cadeia logística.”

A TSMC é um dos maiores fabricantes mundiais de semicondutores. Fabrica wafers e chips para praticamente todos os tipos de dispositivos imagináveis e tem como clientes mais conhecidos a AMD, Apple, Intel e Nvidia.

O açambarcamento é um dos desafios que TSMC tem de enfrentar. A empresa planeia investir mais de 100 mil milhões de dólares em actualizações das fábricas existentes e também na construção de novas instalações, o que pode minimizar a falta de componentes no longo prazo. E no que respeita ao facto de os seus clientes estarem a armazenar chips, também está a tomar algumas medidas para resolver a situação.

Mark Liu e a sua equipa analisam constantemente vários indicadores para determinar que clientes estão mesmo a precisar de chips e para relegar os que apenas estão a comprá-los para depois os armazenar. Segundo Liu, a TSMC já adiou encomendas de grandes clientes, mesmo quando que eles não fiquem muito contentes com a decisão, porque “temos de fazer o que é melhor para a industria.”

A reportagem sobre a TSMC com as declarações de Mark Liu pode ser lida na integra no site da revista Time.

Desenvolvido por: Suporte Informatica