Starlink: Elon Musk revela que testes Beta do serviço de Internet vão terminar em outubro

21-09-2021

Nos últimos dias, todas as atenções estiveram centradas na missão espacial Inspiration4 da SpaceX. Mas Elon Musk tem também novidades para revelar sobre o serviço de Internet da Starlink. Nos últimos dias, todas as atenções estiveram centradas na missão espacial Inspiration4 da SpaceX. Mas Elon Musk tem também novidades para revelar sobre o serviço de Internet da Starlink.

À medida que a SpaceX volta à carga com novos lançamentos de satélites para a constelação Starlink, Elon Musk dá a conhecer que a empresa se prepara para dar mais um passo importante no seu projeto que ambiciona levar a Internet a todos os lugares remotos já em outubro.

Questionado por um utilizador no Twitter, que lhe perguntou quando é que a fase de testes Beta do serviço de Internet da Starlink terminaria, Elon Musk responde simplesmente “no próximo mês”.

Ainda neste ano, o empresário tinha revelado que a empresa ambicionava terminar a fase de testes Beta do serviço no final do Verão. Anteriormente, Elon Musk também tinha revelado que a Starlink poderia tornar-se “totalmente móvel” até ao final de 2021.

De acordo com o CEO da SpaceX, ainda serão necessários mais lançamentos de satélites Starlink para conseguir concretizar o projeto, assim como algumas atualizações importantes ao software O objetivo é obter uma licença de operação mais ampla que permita a criação de estações terrestes móveis, expandindo as capacidades do serviço da Starlink.

Recorde-se que, em agosto, a SpaceX atingiu um novo marco, tendo enviado mais de 100.000 terminais Starlink aos seus clientes.No início desse mês, dados davam a conhecer que a Starlink teria um total de cerca de 90 mil utilizadores em 12 países, resultado de um crescimento a rondar os 30% no último mês.

A informação, reportada pela SpaceX à Federal Communications Commission (FCC), revelou que a empresa conseguiu angariar perto de 20 mil novos subscritores em comparação com os dados apresentados um mês antes, quando o número total de utilizadores ativos era de

Ao todo, a SpaceX ambiciona lançar para o Espaço perto de 30.000 satélites Starlink e expandir a sua base de utilizadores para milhões de clientes. Além disso, de acordo com uma proposta submetida à FCC em agosto, a empresa liderada por Elon Musk está a planear duas configurações diferentes para a sua constelação de satélites, com uma delas a ser colocada em órbita pela nave espacial Starship.

á em setembro, mesmo antes da missão Inspiration4 partir para o Espaço, a empresa de Elon Musk voltou aos lançamentos de satélites Starlink, depois de uma paragem de cerca de dois meses, destinada a equipar os satélites com tecnologia laser.

A integração da tecnologia permitirá que os satélites comuniquem entre si em órbita, reduzindo a dependência da Terra. Desta forma a rede poderá operar com menos estações terrestres, ao mesmo tempo que a latência é reduzida, permitindo que os dados sejam trocados entre a constelação, sem “saltos” mais longos entre o solo e a órbita.

Clique nas imagens para recordar o mais recente lançamento de satélites Starlink

Desenvolvido por: Suporte Informatica