Apple sofre mais uma baixa na equipa de desenvolvimento do alegado Apple Car

10-09-2021

O executivo que acaba de trocar a Apple pela Ford seria um dos membros da equipa que está a desenvolver o primeiro carro elétrico da Apple, um projeto de que muito se fala e de que pouco se sabe, ainda que a fabricante tenha já várias patentes registadas nesta área.

A Apple perdeu mais um membro da equipa que, alegadamente, está a desenvolver o projeto que vai colocar no mercado um carro elétrico da marca da maçã. Doug Field estava na Apple desde 2018, depois de ter passado pela Tesla, onde ajudou a desenvolver o Model 3.

Deixa agora a empresa liderada por Tim Cook para ir para a Ford, onde assume a liderança da unidade de tecnologias avançadas e sistemas embebidos, um cargo de relevo numa altura em que o fabricante norte-americano de automóveis está a fazer a transição para os elétricos. Doug Field é o quarto executivo da equipa dedicada ao projeto a deixar a Apple desde fevereiro, como sublinha o The Guardian, que avança a notícia.

Sobre o novo cargo na Ford, o ex-quadro da Apple já referiu que “será um privilégio ajudar a Ford a proporcionar uma nova geração de experiências construídas para a electrificação, software, experiências digitais e autonomia”.

A Ford continua a consolidar a estratégia de migração para os elétricos. Em fevereiro a empresa anunciou uma parceria com a Google, que a partir de 2023 terá como resultado a integração do Android nos sistemas de navegação dos veículos da marca, em todos os segmentos. O acordo assinado entre as duas empresas tem um horizonte temporal de seis anos.

O possível carro da Apple tem sido motivo de muitos rumores, mas oficialmente a intenção de lançar um carro elétrico nunca foi confirmada pela Apple. Diz-se, no entanto, que o projeto Titan estará em desenvolvimento desde 2014 e algumas patentes registadas pela empresa têm sido entendidas como desenvolvimentos associados a este projeto.

No ano passado a empresa submeteu, por exemplo, uma patente para um sistema de realidade virtual que ajuda quem costuma enjoar a ter uma maior estabilidade enquanto viaja. Outra patente, publicada em fevereiro de 2019, descreve um sistema que projeta imagens holográficas no para-brisas ou em outras janelas de um carro, para dar informações sobre o veículo, como a velocidade e direção.

Dois anos antes, outra patente submetida pela Apple detalha diferentes formas de integrar interfaces como ecrãs no interior de um automóvel, de modo a que estes possam ser omitidos quando não estão em uso.

Existem várias outras patentes já submetidas pela empresa na mesma área, para coisas tão diversas como sistemas que escurecem a cor das janelas, alertam o condutor para detalhes em redor do veículo ou para controlar a temperatura no interior do veículo.
(Teksapo)

Desenvolvido por: Suporte Informatica