Mulheres passam mais tempo na Internet

31-03-2006

Em 2007 as mulheres europeias vão passar mais tempo na Internet do que os homens, segundo um estudo divulgado pela Associação Europeia de Publicidade Interactiva (AEPI).
Esta posição era liderada, até ao momento, pelo sexo masculino que passava em média 11 horas a navegar pela Internet, enquanto as mulheres passavam apenas nove.

Nos últimos três anos, as mulheres aumentaram o tempo que passaram online, 63%, contra os 54% dos homens. De acordo com o estudo, esta tendência deverá manter-se, com a percentagem das mulheres a continuar a aumentar, principalmente na Europa.

As mulheres que proporcionaram este aumento têm idades compreendidas entre os 16 e os 24 anos e são profissionais jovens ou com filhos. Os sites que mais visitam são os referentes a leilões, compras, bancários ou financeiros.

O estudo revelou ainda que as mulheres utilizam cada vez mais a Internet de forma mais sofisticada. Cerca de 60% das mulheres já usa banda larga, comparando com os 17% do ano passado. Apenas 5% das europeias não sabem se têm ou usam banda larga, o que demonstra um maior conhecimento da Internet.

( diariodigital )

Desenvolvido por: Suporte Informatica

voltaren generico prezzo propecia cinsel kamagra nelle farmacie italiane metoprolol toprol xl conversion antibiotico augmentin sospensione hot voltaren retard prezzo plavix e impotenza voltaren pastiglie senza ricetta viagra pepsi cola orlistat venta peru voltaren gel blood sugar clindamycin molluscum contagiosum metoprolol succinate 100 mg ter cialis lo vendono in farmacia panière allegra tupperware compare metformin to gliclazide luvox period cosa mangiare a cipro nord voltaren emulgel tendonitis metoclopramide ileus alternative naturali al clomid voltaren tissugel lasix in gravidanza clomid provoca corrimento controindicazioni del femara glucophage chromium picolinate metoprolol tratament cialis 10 mg effetti diflucan tempo azione voltaren dispers 600 prometrium 200 come si usa effetti collaterali di finasteride