Vazamento de dados do Facebook: como verificar se foi afetado?

4-04-2021

Durante o dia de ontem foi colocado na Internet uma lista com dados pessoais de aproximadamente 533 milhões de utilizadores do Facebook. Apesar de esta lista não ser propriamente recente, tendo sido inicialmente descoberta em finais de 2019, a grande diferença encontra-se no facto que a sua disponibilização agora será praticamente gratuita – e como tal, qualquer utilizador está bastante mais perto de conseguir adquirir a mesma sem grande esforço.

A lista aparenta ter sido recolhida através de apps maliciosas na rede social e também por recurso a scrapping, obtendo informações publicamente acessíveis dos utilizadores e conjugando as mesmas numa base de dados final, com alegações também que a mesma foi criada através do exploit de uma falha na rede social que o Facebook corrigiu em Agosto de 2019.

No entanto, agora pode analisar se o seu email foi um dos afetados. A plataforma do HaveIBeenPwned agora permite analisar se o seu email é um dos que se encontra potencialmente afetado pela recolha e divulgação de dados. Apesar de este sistema apenas analisar cerca de 2.5 milhões de registos contendo os emails associados, será um excelente ponto de partida.

Para verificar este passo basta aceder ao site do HaveIBeenPwned, e no campo de pesquisa, introduzir o email que usa regularmente sobre a sua conta do Facebook. Caso o mesmo esteja neste leak, irá surgir diretamente nos resultados.

Facebook dados comprometidos

> O que fazer caso esteja no leak?

Antes de mais, é importante lembrar que nem todos os dados indicados podem ter sido comprometidos. Apesar de esta lista ter mais de 533 milhões de utilizadores do Facebook, de forma efetiva apenas 2.5 milhões possuem registos de endereços de email. O mesmo se aplica aos restantes dados – embora a grande maioria possua números de telefone associados às contas.

Em nenhuma das contas estão incluídas senhas de acesso. No entanto, estes dados podem ser usados para tentativas de recuperação de senha ou para combinar os mesmos com outras listas que efetivamente tenham senhas.

Se usa sempre a mesma senha em todos os serviços que possui, comece por realizar a alteração da mesma no máximo de serviços que possuir – considere também usar um gestor de senhas e uma senha aleatória para cada serviço que possua.

A nível dos dados que possam estar na lista, infelizmente existe pouco controlo do que possa ser feito sobre os mesmos. No entanto, recomenda-se que fique atento a potenciais esquemas que possam usar os seus dados para tentar obter detalhes sobre outros serviços, bem como fique atento a qualquer género de email que possa receber com conteúdo suspeito ou com atividades que não foram iniciadas pela sua parte.
(TT)

Desenvolvido por: Suporte Informatica