Finalmente! Donald Trump foi expulso permanentemente do Twitter!

10-01-2021

Depois de vários avisos e ameaças, o Twitter acabou finalmente por adotar as medidas que todos esperávamos há vários anos, expulsando permanentemente Donald Trump da sua plataforma. Através de um comunicado oficial publicado ontem (sexta-feira), o Twitter confirmou a suspensão da conta @realDonaldTrump devido ao risco de mais incentivos à violência.

Após longos anos de abuso de poder através de polémicas publicações no Twitter, o incentivo à violência que resultou na invasão do Capitólio dos Estados Unidos e consequente morte de 4 pessoas, parece ter sido a gota de água.

Donald Trump Twitter

O Twitter implementou primeiro uma suspensão de 12 horas, alertando Trump que se voltasse a violar as suas regras relacionadas com integridade cívica e ameaças de violência, iria ser expulso permanentemente. Ontem, revelaram que desde então Trump tentou publicar duas publicações que quebram as suas regras, resultando na sua expulsão.

Donald Trump tentou voltar ao Twitter sem sucesso

Não demorou muito tempo para que Trump tentasse encontrar forma de “enganar o sistema” e tentasse voltar às luzes da ribalta, utilizando outras contas a que tem acesso, como a @POTUS, @TeamTrump e também a conta do seu diretor de campanha @GaryCoby.

Trump Twitter
Publicações de Donald Trump intercetadas pelo Twitter após a sua expulsão

Obviamente que após tomar uma decisão desta natureza o Twitter colocou imensos recursos em prática para garantir que Donald Trump não conseguiria ganhar acesso à plataforma de forma alguma. Assim, todas as suas tentativas foram eliminadas quase de imediato. Enquanto a conta @POTUS não foi suspensa, as restantes tentativas de acesso de Trump resultaram na suspensão imediata das contas.

Quanto à conta @POTUS, oficial do Presidente dos Estados Unidos, o Twitter afirmou que apenas irá recorrer à suspensão caso seja necessário para evitar violência eminente.

Aparentemente, na manhã de sexta-feira circulou uma petição interna no Twitter a pedir que Donald Trump fosse expulso da plataforma, como reação aos eventos que envolveram a invasão do Capitólio no dia 6 de janeiro.

(4gnews)

Desenvolvido por: Suporte Informatica