TikTok apanhado a espiar muito mais que o copy-paste

30-06-2020

Depois do TikTok ter sido apanhado a espiar a área de transferência do copy-paste (e outras apps), surgem relatos de que a app espia muito mais que isso.

Segundo um developer que terá analisado o funcionamento do TikTok, a app tem comportamentos que levantam sérias dúvidas quanto à quantidade de dados que espia sobre os utilizadores, e à forma como o faz. O TikTok regista todos os dados que são possíveis registar sobre um smartphone, incluindo todos os detalhes de hardware e de ligação à rede, e também que demais apps estão instaladas, se está com root/jailbreak, e nalguns casos, também vai registando a localização. Mas as preocupações não se ficam por aqui.

Pior do que toda esta recolha de dados, é o facto de que a própria recolha de dados pode ser reprogramada remotamente, por forma a recolher mais / menos dados consoante as ordens enviadas pelo servidor central. Igualmente preocupante é o comportamento da app, que pode esconder certas operações no caso de conseguir detectar que se está a monitorizar o seu funcionamento; e também a sua capacidade para, na versão Android, descarregar um ficheiro ZIP remoto e executar o que lhe for enviado - algo para o qual não existe qualquer desculpa possível.

Adicione-se a isso as tácticas muito duvidosas de “cativar” utilizadores, inflacionado artificialmente os primeiros vídeos publicados por novos utilizadores, para lhes dar a ilusão de “sucesso” fácil, e começam a ser demasiados os sinais de alerta de que se deverá ter cuidado especial com esta
(Ptnik)

Desenvolvido por: Suporte Informatica