Projetos nacionais inovadores já se podem candidatar aos prémios da ONU até 15 de junho

29-05-2020

As candidaturas nacionais à edição de 2020 dos World Summit Awards já estão abertas a todas as ideias digitais que tenham um forte impacto na sociedade, sejam aplicações, websites, jogos ou produções interativas.

Os World Summit Awards (WSA), uma iniciativa internacional criada pelas Nações Unidas, distinguem todos os anos os projetos e soluções digitais locais mais inovadoras. As candidaturas nacionais à edição de 2020 dos prémios já estão abertas a todas as ideias que tenham um forte impacto na sociedade, sejam aplicações, websites, jogos ou produções interativas.

Para participar, os candidatos devem registar-se na plataforma dos WSA Portugal até 15 de junho. Os participantes podem concorrer numa de oito categorias, onde se incluem áreas como a saúde, a educação, o turismo, o comércio e a inclusão social.


< ![endif]--> World Summit Awards Portugal

A escolha dos melhores projetos é coordenada pela Associação Portuguesa para o Desenvolvimento Das Comunicações (APDC). Pela primeira vez, todos os projetos selecionados em que os participantes tenham menos de 26 anos serão candidatados automaticamente ao European Young Innovators Award.

As ideias nacionais têm vindo a destacar-se ao longo das edições anteriores e vários projetos foram reconhecidos entre os melhores do mundo. Em 2019, quatro iniciativas portuguesas foram escolhidas para a short list dos WSA. A aplicação meuParlamento.pt, que cria uma versão virtual do plenário da Assembleia da República, foi uma das vencedoras, na categoria Government & Citizen Engagement.

A CityPoints Cascais também foi reconhecida pelos prémios da ONU em 2017, assim como a SnapCity. Desenvolvida pela Câmara de Cascais, a CityPoints promove boas práticas de cidadania e reconhecer os cidadãos que contribuem ativamente para a sustentabilidade local e tem um sistema de gamification que dá acesso a vales de serviços e produtos de parceiros locais.

Já a app SnapCity permite aos turistas poupar tempo e reforçar as suas experiências em viagens, enquanto os residentes podem ter acesso a um rendimento extra, ao partilharem o seu conhecimento e paixão sobre a cidade onde vivem, numa solução onde ambas as partes ficam a ganhar.
(Teksapo)

Desenvolvido por: Suporte Informatica