Musk diz que a Neuralink pode tornar a linguagem humana obsoleta em 10 anos

17-05-2020

O empresário norte-americano Elon Musk disse, numa entrevista, que a tecnologia em que está a trabalhar, a Neuralink,  pode tornar a linguagem humana obsoleta em entre 5 a 10 anos.

Em entrevista ao podcast “The Joe Rogan Experience”, Elon Musk, fundador e CEO da Tesla e da SpaceX, previu que a sua nova sua empresa de neurotecnologia, a Neuralink, pode tornar a linguagem humana absoleta.

Musk disse que espera que a empresa consiga conectar um dispositivo Neuralink a um cérebro humano pela primeira vez no próximo ano. O chip, que é alimentado por bateria, será implantado no crânio e seus elótrodos inseridos “com muito cuidado” no cérebro.

A empresa quer desenvolver um dispositivo que liga o cérebro das pessoas a um computador para tratar lesões e traumas cerebrais, usando pequenos fios implantados diretamente nas partes relevantes do cérebro.

“Pode interagir com qualquer parte do cérebro, portanto pode ser algo que ajude a curar a visão“, disse Musk. “Em princípio, poderá consertar quase tudo o que há de errado com o cérebro”.

Neuralink


Embora os dispositivos de primeira geração se concentrem em ajudar a tratar lesões e distúrbios cerebrais, Musk disse que as versões posteriores provavelmente serão capazes de fazer muito mais.

Segundo o empresário de tecnologia, falar é um método ineficiente de troca de dados e pode ser aprimorado se usarmos Inteligência Artificial (IA). “O nosso cérebro esforça-se muito para compactar um conceito complexo em palavras e há muita perda de informação” ao fazê-lo.

 

Rogan perguntou a Musk se a Neuralink poderia ajudar a criar um mundo “onde se possa ler as mentes uns dos outros e poderá interagir com os outros de uma forma não-verbal e não-física em que se transferem dados sem precisar usar a boca”.

“Não seria necessário falar”, disse Musk. “Será possível comunicar muito rapidamente e com muito mais precisão. Não sei o que aconteceria com a linguagem. Numa situação como esta, seria como Matrix. Quer falar num idioma diferente? Não há problema, basta fazer o download do programa”.

Questionado sobre quanto tempo demoraria a sua empresa a desenvolver tecnologia suficientemente avançada para fazê-lo, Musk disse entre 5 e 10 anos, “se o desenvolvimento continuar a acelerar”.

A Neuralink nasceu em 2016 como uma empresa de investigação médica na Califórnia e já angariou mais de 150 milhões de investidores, cerca de 100 milhões diretamente do seu CEO Elon Musk, e pretende no futuro oferecer melhorias cibernéticas às pessoas.

(ZAP)

Desenvolvido por: Suporte Informatica