MWC está em risco devido ao Coronavírus! Intel junta-se à lista de cancelamentos

11-02-2020

Durante a última semana, foram muitas as notícias que envolveram o Coronavírus e a Mobile World Congress (MWC 2020), sendo a maioria delas relacionadas com o abandono de diversas fabricantes.

A mais recente adição à lista de desistências foi a Intel, que confirmou através de um comunicado oficial que não irão marcar presença na feira tecnológica que se irá realizar em Barcelona entre o dia 24 e 27 de fevereiro.

À semelhança das restantes marcas, também a Intel realça que dão inquestionável prioridade à segurança e bem-estar dos seus funcionários, parceiros e clientes.
MWC 2020 poderá ser uma incubadora do Coronavírus na Europa

Apesar dos grandes riscos de contágio, a organizadora do evento — GSMA — garantiu que a feira se irá realizar tal como planeado, realçando que diversas medidas de prevenção estão a ser planeadas.

Infelizmente, parece que muitas empresas continuam a colocar benefícios financeiros à frente da segurança e bem-estar dos seus clientes. Considerando que a esmagadora maioria das empresas que marcam presença na MWC são asiáticas, esta feira tecnológica pode servir como uma verdadeira incubadora para a propagação do vírus na Europa.

Parece praticamente garantido que a Mobile World Congress deste ano irá ficar muito aquém de anos transatos. Isto se, acabar mesmo por se realizar, visto que cada vez mais fabricantes decidem cancelar a sua presença.

Além do aumento nas medidas de prevenção no recinto do evento, as mais recentes medidas colocadas em prática pelos organizados vão dificultar mais ainda a presença das fabricantes e visitantes.

De acordo com o mais recente comunicado, não serão permitidos visitantes da província de Hubei na China, onde o surto teve início. Mais ainda, qualquer pessoa que tenha visitado a China recentemente terá de apresentar provas de que abandonaram o país à pelo menos 14 dias.
Lista de empresas que já cancelaram a presença na MWC 2020

NVIDIA
Amazon
LG
Samsung (redução de staff)
ZTE
Ericsson
Sony
TCL
NTT Docomo

Coronavírus continua a espalhar-se pelo mundo

Depois de ter sido declarado o estado de emergência global pela Organização Mundial de Saúde no dia 30 de janeiro, o Coronavírus continua a propagar-se por todo o mundo a um ritmo assustador.

Apesar de vermos o número de recuperações aumentar consideravelmente (mais de 4,000), a propagação do vírus para fora do território chinês continua a acontecer de forma bastante rápida.

Atualmente, foram contabilizados mais de 43 mil infeções e mais de mil fatalidades. Na Europa, já foram identificados infeções em Espanha, Bélgica, França, Alemanha, Finlândia, Reino Unido, Suécia, Itália e Finlândia.

(4gnews)

Desenvolvido por: Suporte Informatica