Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço mostra que estudar o Universo também é para as mulheres

7-02-2020

Promovido pelo Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço o webinar decorre no âmbito do Dia das Mulheres e Raparigas na Ciência 2020 e vai dar oportunidade aos participantes de colocarem questões via chat.

Será que poderei dedicar-me no futuro a investigar o Universo? É sobre esta e outras questões que um webinar gratuito no canal de YouTube do Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço (IA) se vai debruçar na próxima semana, a 11 de fevereiro, Dia das Mulheres e Raparigas na Ciência 2020.

Com o objetivo de abordar a temática da astronomia no feminino, quatro investigadoras do IA, da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa e da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto vão participar no webinar: Gabriella Gilli, Íris Breda, Marina Cortês e Susana Barros. Após uma pequena introdução sobre o seu percurso até se tornarem astrofísicas, a sessão, a decorrer entre as 14h30 e as 16h00, é dedicada à interação com o público, estando aberta a questões colocadas via chat pelos participantes em Portugal e países lusófonos.

O Dia Internacional das Mulheres e Raparigas na Ciência foi estabelecido em 2015 e implementado pela UNESCO e pela ONU. Como objetivo, a data pretende sensibilizar para o papel crítico das mulheres e raparigas nesta área da sociedade, contribuindo para a igualdade de oportunidades e perceções sobre a ciência.

Mas os números ainda não muito animadores no que toca à ciência. De acordo com a ONU, menos de 30% dos cientistas são mulheres a nível mundial, apesar de ao nível escolar as raparigas terem prestações semelhantes às dos colegas nas diversas áreas científicas. Ainda assim, tendem a não optar por carreiras associadas às ciências, engenharias e tecnologias.
(Teksapo)

Desenvolvido por: Suporte Informatica