Medir a tensão através de um vídeo de uma selfie? Sim, é possível

9-08-2019

No entanto, a maioria dos participantes que testaram a tecnologia foram pessoas com ascendência asiática e europeia, não incluindo pessoas com a pele muito escura ou clara.

Um vídeo do seu rosto pode ser tudo o que precisa para medir os valores da tensão arterial. A tecnologia, designada por transdermal optical imaging (TOI), foi testada num estudo levado a cabo pela Universidade de Toronto no Canadá e na China. Agora a investigação foi publicada no jornal da American Heart Association.

De acordo com o estudo, os sensores óticos dos smartphones podem capturar a luz vermelha refletida pela hemoglobina presente na pele, o que permite que a tecnologia meça as mudanças no fluxo sanguíneo e, assim, a pressão arterial.

Este procedimento foi testado em vídeos capturados por um iPhone, com uma duração inferior a dois minutos, a 1.328 adultos. Mas a tecnologia criada por Kang Lee e Paul Zheng também permite medir os valores da tensão arterial em vídeos já pré-gravados.

Kang Lee co-fundou a Nuralogix, uma startup que lançou a aplicação Anura, e agora pretende lançar esta tecnologia nessa app, que fornece os valores da frequência cardíaca através de um vídeo de uma selfie.

No entanto, Kang Lee admite que serão precisas mais investigações para tonar a tecnologia mais precisa, nomeadamente o teste com pessoas com pele escura, tendo em conta que o reconhecimento facial tende a apresentar maiores margens de erro neste tipo de tom de pele.
(Teksapo)

Desenvolvido por: Suporte Informatica