A revolução logística chinesa que deixa a Amazon no chinelo

8-07-2019

Gigantes do comércio asiático lideram um processo que mudou para sempre os hábitos de consumo da população: do comércio eletrônico, ao cafezinho

Fazer compras nos supermercados da rede Hema é tão fácil e rápido quanto pedir uma pizza. Usando o aplicativo de celular desenvolvido pela empresa, basta encher o seu carrinho e em no máximo meia hora o pedido está preparado e um mensageiro o leva à sua casa. O mesmo acontece com a comida em domicilio. Empresas desse setor, como Meituan e Ele.me, se popularizaram na China muito antes do Glovo e Deliveroo, e seu volume de negócio faz empalidecer o de qualquer outra companhia.

(cont. A ler)

Desenvolvido por: Suporte Informatica