Carsharing (da DriveNow) cresceu 50% em 12 meses em Lisboa

15-05-2019

O carsharing há muito que chegou a Lisboa, mas os números agora revelados à Insider pela DriveNow/Share Now mostram que a adesão está a crescer.

A Share Now (onde está a Drive Now), que pertence à nova empresa Your Now, criada em conjunto pelo grupo Daimler (Mercedes) e pelo grupo BMW e assume-se agora como o principal operador mundial de partilha de carros, divulgou alguns números interessantes sobre a operação em Lisboa. Os números do serviço de carsharing continuam a aumentar, tendo já atingido o número de 2,5 milhões de quilómetros percorridos.

À Insider, a empresa revelou que teve um crescimento de 50% na sua operação nos últimos 12 meses, embora não indique quais os valores absolutos nem o número atual de utilizadores.

O serviço de carsharing que assenta no conceito de free-floating (sem locais específicos onde deixar os veículos) funciona em Lisboa em regime de franchising feito pela Brisa. Em Lisboa, os 2,5 milhões de quilómetros correspondem a 300 mil viagens. A empresa indica que se nota “cada vez mais uma motivação por parte dos cidadãos na adesão” ao carsharing, “podendo dizer-se que existe uma cada vez maior confiança no serviço”. Uma parte das viagens são feitas com os veículos elétricos BMW i3, cujo peso na frota quadruplicou no final do ano passado.

“Os números são animadores e mostram a continuidade do serviço, com destaque aos BMW i3, e os recentes Mini Cabrio, que têm tido uma excelente aceitação. E, como tal, a eletromobilidade é, claramente, o caminho a seguir”, explica em comunicado João Oliveira, Diretor-geral da SHARE NOW em Portugal.

A Share Now indica ainda que cada carro de carsharing é usado, em média, até seis vezes mais do que um carro particular e substitui de três a oito carros particulares na cidade, tornando-se a partilha de serviços um complemento valioso para o transporte público e outros meios de transporte.

Já sobre os serviços da nova joint venture Your Now, recapitulamos aqui quais são (há vários que ainda não estão em Portugal):

Free Now, ridesharing ao estilo Uber e onde está a Mytaxi;
Share Now, que vai substituir e expandir o serviço Drive Now e Car2Go nas operações de carsharing;
Charge Now, uma rede de carregamentos de veículos elétricos;
Park Now, um serviço que mostra aos condutores onde encontrar estacionamento e até marcar um lugar em antecipação;
Reach Now, um serviço de gestão de rotas de transportes públicos e privados baseado no smartphone, multimodal.

(DN_insider)

Desenvolvido por: Suporte Informatica