Cientistas criam app que deteta overdoses iminentes

14-01-2019

A Second Chances analisa o padrão respiratório do utilizador para alertar os seus contactos de que está iminente uma overdose, abrindo uma janela de tempo para que a pessoa seja salva.

Um grupo de cientistas desenvolveu uma aplicação móvel que consegue detetar uma overdose iminente no utilizador. O programa chama-se Second Chances e ainda está em desenvolvimento, mas os investigadores querem abordar a US Food and Drug Administration para obter uma licença que lhes permita comercializar a app.

A equipa justifica a pertinência desta app com uma estatística: morrem cerca de 110 norte-americanos, todos os dias, por overdose de opióides, um vício que está protagonizar uma das vagas mais mortais da história dos EUA.

A app consegue detetar alterações no padrão respiratório do utilizador e quando associa essas alterações a uma overdose iminente, o médico, os amigos ou os familiares são alertados para que possam reverter o processo com os medicamentos indicados. Os investigadores publicaram um estudo sobre a app no jornal científico Science Translational Medicine.

Durante as experiências conduzidas em laboratório, a app conseguiu detetar a overdose em 96% dos casos.

Desenvolvido por: Suporte Informatica