Câmara da InSight continua suja após remover protecção da objectiva

2-12-2018

A sonda InSight chegou a Marte há poucos dias, mas a câmara que foi responsável pela primeira imagem enviada para a Terra arrisca-se a ficar com qualidade degradada devido aos detritos acumulados.

A primeira imagem que foi enviada para a Terra mostrava a superfície de Marte pontilhada de pequenos pontos negros, que a NASA se apressou a clarificar que seriam detritos projectados durante o processo de aterragem com retrofoguetes, mas que desapareceriam assim que fossem removidas as protecções da objectiva. Infelizmente, depois da protecção removida, verifica-se que os detritos permanecem, parecendo que a força da projecção terá sido suficiente para que se infiltrassem através da protecção.

Embora seja uma situação infeliz, não deverá ser de importância crítica, pois a situação poderá ser parcialmente resolvida com a aplicação de filtros e captura de vários frames - e não esquecendo que a InSight tem outras câmaras na parte superior que não ficaram tão expostas a estes detritos e parecem estar completamente limpas.

Slowly releasing all my pent-up tension, starting with loosening my grapple, as these before-and-after pics show. Until I’m ready to stretch my arm out, my camera angles will be the same. Stay tuned though: every picture I take, I’ll send to #Earth here: https://t.co/tjr8tfaCg5 pic.twitter.com/OAOTeA6uwq
— NASAInSight (@NASAInSight) November 29, 2018

Serve para demonstrar que, mesmo em missões multi-milionárias, há sempre detalhes que não correm como previsto…

Pelo lado positivo, a InSight já está a gerar mais electricidade via energia solar que qualquer outra sonda já criada - e cerca do dobro da energia gerada pelo reactor do Curiosity.
(ptnik)

Desenvolvido por: Suporte Informatica