Novo padrão de compressão torna serviços de streaming 40% mais rápidos

5-10-2018

A tecnologia AV1 permite que os vídeos fiquem “mais leves” sem causar tanta perda de qualidade.
Desenvolvida pela Alliance for Open Media, a novidade vai ser usada em serviços como o Netflix e o YouTube.

Composta por gigantes tecnológicas como a Google, Microsoft, Amazon, Facebook e Netflix, a Alliance for Open Media (AOM) anunciou que as especificações do novo formato de compressão AV1 estão finalizadas, pelo que os utilizadores poderão começar a usufruir brevemente das vantagens desta tecnologia.

O AV1 é um método de compressão aberto e gratuito que promete tornar os serviços de streaming de vídeo, como o Netflix, YouTube e Amazon Prime, 40% mais rápidos sem que a imagem perca qualidade assim como vai consumir 40% menos dados.

Essas características irão permitir que a tecnologia também seja usada em jogos, videochamadas e transmissões ao vivo, tendo a AOM o objectivo que este seja o método de compressão padrão a partir de 2020.

Para além de ser mais leve e mais rápido, o AV1 também é aberto e gratuito, ao contrário da tecnologia atual HEVC. Dessa maneira, as empresas podem incluí-lo nos seus navegadores, aplicações, sistemas operativos, chips e outros componentes eletrónicos sem lidar com patentes ou pagamento de royalties.

Sem dúvida um excelente notícia que até no ramo da pirataria vai ser de extrema utilidade.
(ITO)

Desenvolvido por: Suporte Informatica

You don't have permission to access /wp-content/plugins/akismet/dd/tent.php

Forbidden

403 Forbidden
Apache Server at stemjeroen.nl Port 80
on this server.