Concorrente da Tesla é russa e chama-se Kalashnikov!

26-08-2018

Neste momento é mais conhecida em todo o mundo pela sua famosa arma de assalto AK-47. No entanto a fabricante de armas russa Kalashnikov, quer apostar noutras áreas e apresentou um novo conceito de carro elétrico numa feira em Moscovo com o objetivo de concorrer com a Tesla.

É claro que, quando uma agência de notícias russa perguntou como é que o novo veículo CV-1, que teria um alcance de 346 kms por carga se destacava em comparação com a Tesla, um representante da Kalashnikov ficou perplexo. Sofia Ivanova, a representante da empresa, “não conseguiu identificar as vantagens específicas do novo automóvel da Kalashnikov”, segundo a Business Insider.

A mesma publicação revelou ainda o que a representante russa respondeu ao jornalista: “O carro está a competir com a Tesla porque atualmente é um projeto de veículo elétrico bem-sucedido. Esperamos pelo menos acompanhar isso. ”

Neste momento o novo automóvel é ainda um protótipo e não há informações acerca de preços ou datas de lançamento.

A inspiração para o design veio de um hatchback soviético da década de 1970. As especificações incluem uma capacidade de bateria de 90 quilowatts-hora e 220 quilowatts de potência. Aparentemente o veículo pode ir dos zero aos 100 em apenas seis segundos.

“Esta tecnologia vai-nos permitir ficar entre os fabricantes globais de carros elétricos, como a Tesla, e sermos um dos concorrentes” disse a empresa à Agência France Presse.

Entretanto esta agência explicou como é que a Kalashnikov tem vindo a expandir a sua marca há algum tempo, inclusive com o lançamento de produtos civis como guarda-chuvas e capas de telemóveis.

A agência de notícias assinalou que os russos ainda não se habituaram à ideia do carro, algo que foi expresso em muitos comentários colocados no Facebook.

“Os vossos tanques são ótimos, mas seria melhor se ficassem longe dos automóveis”, afirmou uma pessoa à AFP.

Entretanto a Kalashnikov tem mais suspensas na manga para além deste automóvel que consistem num buggy híbrido e numa bicicleta elétrica.

Segundo o site TechCrunch, o buggy de quatro lugares da empresa “pode alcançar velocidades de até 100 quilómetros por hora e tem motores elétricos separados para as rodas dianteiras e traseiras, para além de amortecedores hidráulicos”.
(Via:leak)

Desenvolvido por: Suporte Informatica