Primeiros testes oficiais de condução autónoma na Europa arrancam nos próximos meses

26-06-2017

Uma carta de intenções assinada por países da União Europeia e do Espaço Económico Europeu, onde Portugal se inclui, veio definir vários princípios para que seja possível avançar com os carros sem condutor no velho continente.

Os 29 que assinaram esta carta pretendem que a mobilidade autónoma na Europa se torne rapidamente uma realidade, permitindo às empresas dos sectores tecnológico, da automação e das telecomunicações tirar partido de um mercado harmonizado comum de cerca de 500 milhões de utilizadores.

O objetivo é que os países trabalhem em conjunto para definirem itinerários ou corredores transfronteiriços onde possam ser conduzidas as pesquisas, testes e demonstrações em larga escala, nomeadamente sobre segurança rodoviária, acesso a dados, qualidade e responsabilidade de dados, conectividade e tecnologias digitais para CAM - Connected and Automated Mobility.

Os países que assinaram esta Carta de Intenções são: Áustria, Bélgica, Bulgária, Croácia, Chipre, República Checa, Dinamarca, Estónia, Finlândia, França, Alemanha, Grécia, Hungria, Irlanda, Itália, Letônia, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Países Baixos, Noruega, Polónia, Portugal, Roménia, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Suécia, Suíça.

Pode conhecer mais sobre os planos CAM para a União Europeia através desta página.

Desenvolvido por: Suporte Informatica

403 Forbidden
Apache Server at stemjeroen.nl Port 80

Forbidden

You don't have permission to access /wp-content/plugins/akismet/dd/tent.php on this server.