Xiongmai diz que os seus produtos já foram corrigidos há mais de um ano

25-10-2016

O mega-ataque DDoS contra serviços de DNS que tornou inacessíveis diversos sites nos EUA foi possível com ajuda da botnet Mirai que utiliza câmaras IP e DVRs de um fabricante OEM cujos produtos são depois revendidos sob inúmeras marcas, mas o fabricante - a Xiongmai - diz que o seu firmware já foi corrigido há mais de um ano, e que os dispositivos que ainda estão vulneráveis são produtos mais antigos que os utilizadores ainda não actualizaram.

O problema do firmware era a existência de uma password pré-programada que permite aceder à câmara, mesmo nos casos em que os utilizadores pensam que estão a alterar a password para outra mais segura.
(ptnik)

Desenvolvido por: Suporte Informatica

You don't have permission to access /wp-content/plugins/akismet/dd/tent.php 403 Forbidden


on this server.

Forbidden